Usuário: 

 
Senha: 
 


O Laboratório

Graduado em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal do Paraná, em 1974, o recém graduado Roberto S. Nakata começou sua carreira atuando como estagiário no Hospital das Clinicas na UFPR, durante dois anos e em atividade profissional no Laboratório de Analises Clinicas Irmandade da Santa Casa na cidade de Curitiba ao lado dos professores Dr. Ricardo Pasquini, Dr. Valdir de Paula Furtado e Dr. Eurípedes Ferreira.

Atuou na mesma época como orientador em Laboratório de Analises Clínicas com residentes do Departamento de Pediatria, do Setor de Ciência da Saúde, da Universidade

Federal do Paraná, na disciplina de Hematologia, na orientação para realização e interpretação do Hemograma, tendo como professor titular o Professor Dr. Izaril Cat e supervisionado pelo Prof. Dr. Ricardo Pasquini e também responsável pelo Curso pratico de Laboratório Clinico para os residentes do primeiro ano do Depatamento de Clinica Médica do Setor de Ciência da Saúde da Universidade Federal do Paraná, tendo o Professor Dr. Adj. Dr. Paulo Franco de Oliveira, sub chefe do Departamento de Clinica Medica em exercício.

Iniciou-se sua carreira na cidade de Presidente Venceslau em junho de 1978, no Laboratório de Analises Clinicas da Irmandade da Santa Casa, tendo na época como provedor o Dr. Osvaldo Murad e como diretor clínico Dr. Regis Jorge.
Em 21 de fevereiro de 1992, com intuito de expandir suas atividades, abre um novo laboratório na cidade de Presidente Epitácio, localizado na Rua Vitória nº 7-82. Em poucos anos, com a necessidade de expansão, e assim o melhoramento de atendimento aos clientes fez a abertura de um outro Laboratório, mas agora na cidade de Presidente Venceslau, localizado na Rua Joaquim Gorgulho nº 57.

Com o desenvolvimento da empresa, surgiu a necessidade de abrir um posto de coleta. Assim foi feito na cidade de Bataguassu, em 4 de outubro de 1995, localizado hoje na Rua Ribas do Rio Pardo nº 316.

Em 2004, devido ao fechamento do Laboratório da Irmandade da Santa Casa pela Vigilância Sanitária, foi exigido a abertura do posto de coleta Unidade da Santa Casa. Esse fato ocorreu em 30 de março de 2004, assim dando continuidade ao atendimento laboratorial a população através da Santa Casa, tanto para pacientes internos e ambulatorial.